Conheça as 4 bandas de rock anos 90 mais pesadas

Conheça as 4 bandas de rock anos 90 mais pesadas

As bandas de rock anos 90 formaram uma salada musical na década. Por um lado, tivemos o Heavy Metal do Pantera e o Thrash do Megadeth. Por outro, tivemos o Rock Alternativo do Red Hot Chilli Peppers e o Pop Rock do Cramberries.

Já dá pra ver que esse período foi marcado por sonoridades leves e pesadas com músicas pra todo gosto, né? Pois é, mas aqui vamos falar do lado mais agitado da década!

Nesse artigo separamos quatro bandas de rock anos 90, uma do Grunge, uma da Heavy Metal, uma do Thrash Metal e uma do Rock Nacional. Aqui você verá um pouco mais sobre o peso de cada uma delas e o porquê de figurarem nessa lista.

Mas antes de tudo, não podemos deixar de mencionar como essa década tão rica musicalmente nos influenciou. Dá uma olhadinha abaixo e se liga em como absorvemos esse período e misturamos ao som do underground carioca!

A influência das bandas de rock anos 90 no Carminium

O Carminium também tem bastante da década de 90 na sua alma. Afinal, junto do Black Sabbath, o Alice In Chains é a principal referência da banda. E claro, sem esquecer o pezinho no Thrash que certamente pode ser percebido na Lady Coldness:

Alice In Chains

Eu quase sempre vou falar do Soundgarden para representar o Grunge, mas não em questão de peso. Não que a banda do clássico Superunknown não seja pesada, pelo contrário. Os primeiros álbuns deles estão aí pra provar! Mas o Alice In Chains tem algo especial.

READ  6 bandas de Metal Progressivo durante a história do Rock

E pra mim esse algo especial tem nome: Jerry Cantrell. O guitarrista dessa banda de rock dos anos 90 sabe fazer timbres e cria camadas de guitarra extremamente pesadas e marcantes. Vamos pular um pouquinho no tempo só pra mostrar um exemplo atual desse gênio:

Voltando aos anos 90, temos os quatro primeiros álbuns do Alice In Chains como puras pedradas. Quem nunca deu o play inicial no Dirt e se impactou de cara com o peso do grupo e os berros do Layne Staley em Them Bones?

Angra

Pra falar do peso entre as bandas de rock anos 90 no Brasil, eu poderia falar principalmente do Sepultura ou do Angra. E ok, aqui eu confesso que optei pelo Angra apenas por conhecer mais sobre eles. Mas é óbvio que o Sepultura também seria um ótimo nome!

Dito isso, falemos sobre o début do Conjunto Angra (captou a piadoca? RSSSS): Angels Cry. Com quase um milhão de vendas ao redor do mundo, o clássico disco de Power Metal brasileiro mostra todo o virtuosismo dos 4 com peso, solos e agudos absurdos!

Além desse álbum, a banda de rock anos 90 nos brindou com o Fireworks e o magnifico Holy Land. Aliás, este último é pra mim um dos melhores discos do Rock Nacional. Afinal, ele mistura elementos da sonoridade brasileira com o Metal de um jeito ímpar!

Perceba isso no peso e na tranquilidade em duas músicas:

Megadeth

O Metallica fez muito sucesso com o Black Album, sendo um dos principais nomes do rock internacional anos 90. eles seriam os mais pesados da década? Acho que não. Na realidade, os álbuns de mais peso da banda apareceram no fim dos anos 80.

READ  Alcest: conheça a onírica, lisérgica e nostálgica banda francesa

Isso também aconteceu com o Megadeth, mas eu certamente posso dizer que eles têm um clássico pesadíssimo e marcado na história do Rock: Rust In Peace. E é por este disco (e outros citados abaixo) que eu os coloco como representantes do Thrash Metal aqui.

Com pedradas como “Tornado Of Souls” e “Holy Wars… The Punishment Due”, o Megadeth foi uma das principais bandas de rock anos 90 para os metaleiros. E mais, além desse álbum também tivemos os fantásticos Countdown To Extinction e o Youthanasia.

O primeiro ainda é bem pesado, mas já marca uma ligeira suavização do som da banda. No entanto, ele ainda é amado pelos headbangers e também tem clássicos como a Symphony of Destruction. Dá uma ouvida nessa versão acústica:

Já o Youthanasia é mais leve e quis abraçar o mundo, assim como aconteceu com o Black Album. Não alcançou o mesmo sucesso, mas eu ainda prefiro a estrondo do Megadeth do que a explosão do Metallica.

Pra mim, um dos melhores solos do Megadeth. Finalização absurda!

Pantera

Quando falamos de Heavy Metal, a principal banda de rock anos 90 que vem à cabeça certamente é o Pantera. Afinal, se o grupo tocava Glam Metal nos anos 80, eles se reinventaram completamente ao lançar 4 discos pesadíssimos na última década do século.

Tudo começou com o Cowboys From Hell que já mostrava a genialidade deles com riffs excelentes. E mais: o uso do silêncio em diversas músicas para dar ainda mais peso a alguns trechos, como na Domination:

Dois anos depois, o Pantera lançou o Vulgar Display Of Power que mais uma vez mostra o ótimo uso do silêncio no clássico Walk. Mas nesse icônico álbum das bandas de rock anos 90, eu certamente fico com A New Level. Refrão marcadíssimo!

READ  Thrash Metal: tudo que você precisa saber sobre o gênero

Quer mais um exemplo de bom uso do silêncio com um álbum que ficou na primeira posição das paradas dos EUA e Austrália? Então segura a pedrada grooveada da 5 Minutes Alone, do disco Far Beyond Driven, e sente o baixo absurdo do Rex Brown.

E, assim como Jerry Cantrell é um ícone dos timbres, o falecido Dimebag Darrel sempre será um ícone dos solos pra mim. No The Great Southern Trendkill temos o magnífico solo da Floods, uma das músicas mais famosas dentre as bandas de rock anos 90:

Agora eu sei que você está se coçando pra dizer que eu esqueci de alguns nomes e até mesmo gêneros como o Death Metal. Bem, eu não me atrevi a falar sobre, até mesmo porque não sou o melhor para dissertar sobre o assunto.

foto do death, banda de rock anos 90
Death

Por isso, eu lhe convido a completar essa lista nos comentários falando de outras bandas de rock anos 90 que não foram mencionadas aqui. Vale tudo, desde Mamonas Assassinas ao Death, desde que você diga o porquê dela ser pesada 😎.

Além disso, não se esqueça de seguir o Instagram do Carminium para conhecer uma bandas que traz várias influências dos anos 90 na nossa década!

Cláudio Feitosa

Vocalista e tecladista da Carminium, fã de Rock Clássico, filmes e culinária. Vascaíno sofredor nas horas vagas

Deixe uma resposta

Fechar Menu